Início Os 6 segredos para baterias de carros elétricos durarem

Os 6 segredos para baterias de carros elétricos durarem

junho 28, 2022 às 4:02 pm
Compartilhe
Siga-nos no Google News
baterias de carros elétricos
Baterias de carros elétricos (Reprodução: divulgação)

Atualmente, cerca de 1 em cada 10 carros vendidos no planeta já são movidos a bateria elétrica. Neste sentido, seriam as baterias de carros elétricos a razão para tanto sucesso? Isso porque segundo dados da EV-Volumes apontam que mais de 800 mil carros elétricos foram comercializados em 2021, um aumento de 60% em comparação ao período anterior.

Para isso, podemos apontar que uma das grandes diferenças entre carros a combustão interna e os carros elétricos é a fonte de energia para alimentar o motor. Enquanto os carros a combustão usam a energia da queima de combustível, os carros elétricos apresentam uma bateria como a fonte de energia.

Sendo assim, nos carros elétricos, conhecidos como BEV, a bateria atua como o centro do carro elétrico, pois é o local onde está armazenada a energia necessária para a tração das rodas. Além disso, ainda é possível encontrar uma bateria auxiliar de seguras, que alimenta os acessórios internos.

Em outras categorias de carros elétricos, como o elétrico híbrido plug in (PHEV), a bateria também funciona para tracionar as rodas. Enquanto o carro ainda possui o motor a combustão para garantir o trabalho do carro, além de maior autonomia nas viagens, podendo prevenir que as baterias de carros elétricos descarregam mais rápido.

Em geral, podemos dizer que as baterias de carros elétricos funcionam de maneira similar a de utilizadas em smartphones, entretanto, nos carros elétricos a bateria é formada por um pacote de milhares de células que trabalham juntas, oferecendo mais segurança e dinâmicos para o seu funcionamento.

Nova tecnologia de bateria promete quintuplicar autonomia de carros elétricos (Reprodução: divulgação)

Como funciona a bateria de carros elétricos?

Basicamente, os carros elétricos a bateria possuem um motor elétrico no lugar do motor de combustão interna, além de utilizarem de uma bateria tracionaria para armazenar eletricidade, que será somente usada quando for necessário acionar as rodas do carro.

Neste sentido, quando o pedal do acelerador é pressionado, o carro fornece energia ao motor de forma rápida e instantânea, que gradualmente consome toda a energia da bateria. Apesar de possuir um complexo desenvolvimento, as baterias de carros elétricos são mais seguras e eficientes que as tradicionais.

Além disso, o motor elétrico também funciona como um gerador de energia em momentos de desaceleração, em um processo conhecido como frenagem regenerativa. Assim, essa frenagem recupera a energia perdida, em forma de calor nas pastilhas de freio, armazenado na bateria do veículo.

Quando a bateria descarrega, é possível recarregar usando a energia da rede elétrica comum, seja por uma tomada de parede ou por um carregador próprio para essa categoria de carro. Sendo assim, os carros movidos a baterias tendem a ser mais econômicos e sustentáveis do que os carros tradicionais.

Inclusive, em alguns modelos elétricos híbridos plug in, o motor sempre é alimentado por uma bateria similar a de um BEV. Entretanto, a bateria possui um tamanho menor, sem contar que o motor elétrico é usado como complemento do motor de combustão, em um processo mútuo.

Em alguns casos, os PHEVs têm o intuito inicial de ser uma “prioridade elétrica” até que a bateria descarregue onde, posteriormente, utilizaram o combustível alimentar de forma automática, por meio do motor de combustão interna. Entretanto, tais configurações podem ser alteradas nos modos de operação dos carros elétricos.

Neste sentido, a combinação de bateria e combustível oferecem aos modelos híbridos plug ins uma maior autonomia do que os modelos similares, sendo totalmente elétricos. Geralmente, para ambos os modelos, a bateria é completamente carregada em corrente alternada, por um carregador para baterias de carros elétricos padrão.

Finalmente, para realizar uma recarga rápida ou até mesmo em eletropostos, os plugues usados diferem, pois a recarga acontece de forma contínua. Sendo assim, para uma experiência mais eficiente com carros elétricos, será necessário adquirir a categoria de conector específico para recarregar a bateria.

Como as baterias de carros elétricos podem durar mais?

Em geral, existem algumas dicas que podem fazer carros elétricos — ou até movidos a combustão — durarem mais. Isso porque a recarga depende do carregador ou até do modelo, mas, algumas indicações são generalizadas, o que te fará ter uma bateria que dure mais. Por isso, confira algumas dicas de como fazer as baterias de carros elétricos durarem mais:

Escolhe bem o alternador

Em primeiro lugar, podemos dizer que o alternador é um equipamento essencial para o seu carro. Portanto, ao escolher um alternador, busque um modelo com a mesma amperagem que a bateria, assim, isso irá evitar danos à peça. Por exemplo, em um carro com bateria de 60 amperes e um alternador de 45, você perde 15 amperes. Logo, esse processo reduz a vida útil das baterias de carros elétricos.

Cuidado com a partida

Em geral, muitas pessoas costumam deixar equipamentos ligados no momento da partida. Mas, isso é um grande erro! Isso por a bateria ser a fonte de energia para o seu veículo, logo, quanto mais equipamentos estiverem ligados, maior será o desgaste para alimentá-los. Dessa forma, desligue o rádio, os faróis e o ar-condicionado antes de dar a partida.

Não deixe o carro parado

Poucos sabem disso, mas quanto mais você anda com seu carro, mais a bateria dura. Isso porque, quando o carro está parado, acontece o processo de sulfatação, que diminui a vida de baterias. Por isso, para uma melhor vida útil, é recomendado que você ligue o motor ao menos 5 minutos por semana.

Cuidado com os equipamentos elétricos

Para uma melhor vida útil da bateria de carros elétricos, é essencial ter cuidado com os equipamentos elétricos, mas não somente na hora da partida. Isso porque usar tais equipamentos com o carro desligado pode onerar a bateria, causando um maior desgaste para o veículo.

Sempre faça revisões

Para uma boa vida útil das baterias de carros elétricos, a melhor recomendação são consultas especializadas a cada seis meses. Dessa forma, se a bateria apresentar algum sinal de falha, consulte a oficina adequada quanto antes. Isso porque reparos adicionais podem ser demorados e ter um alto custo.

Conheça a capacidade da bateria

Antes de instalar qualquer novo aparelho no seu carro, verifique sempre a capacidade suportada pela bateria e pelo alternador. Além disso, evite instalar acessórios pirateados ou duvidosos, que podem comprometer a vida útil da bateria. Isso porque exigir mais do que ele oferece sempre diminui o tempo de vida das baterias de carros elétricos.

Em geral, podemos dizer que os carros elétricos buscam ser uma opção sustentável em meio aos agravamentos das mudanças climáticas. Por isso, podemos dizer que sua perspectiva é similar ás das comunidades de energia, que visam cumprir políticas e ideias para melhor consumir energia e ser uma boa opção sustentável para o planeta.

Por fim, podemos dizer que os carros elétricos são o futuro. Logo, ter o cuidado necessários com as baterias de carros elétricos é uma boa opção para diminuir as emissões de CO₂, além de serem mais acessíveis e fáceis de manusear. Vale a pena investir nessa empreitada futurista!

Relacionados
Mais recentes