Início Mercado de carros elétricos devem dar fôlego ao crescimento da Weg, que prevê no ramo oportunidade de crescimento

Mercado de carros elétricos devem dar fôlego ao crescimento da Weg, que prevê no ramo oportunidade de crescimento

julho 25, 2022 às 1:27 pm
Compartilhe
Siga-nos no Google News
Mercado de carros elétricos
Mercado de carros elétricos (Reprodução: divulgação)

Devido a sua grande expansão, o mercado de carros elétricos deverá dar força ao crescimento da Weg, permitindo à empresa oferecer produtos e serviços exclusivos em alguns pontos da cadeira conhecida como mobilidade elétrica. 

Tal afirmação surgiu de Harry Schmelzer Junior, diretor-presidente da empresa. Sobre a iniciativa, ele pontuou: “Essa tendência é irreversível. Uma parcela importante de veículos de carga ou transporte de pessoas nos grandes centros pelo mundo será dos elétricos”.

Devido à valorização do mercado de carros elétricos, muitos investidores estão apostando na valorização da Weg. O fato ocorreu após a empresa  aparecer em primeiro lugar no Prêmio Broadcast Empresas, organizado pela Agência Estado somado a Escola de Economia de São Paulo, pertencente à Fundação Getúlio Vargas. A premiação é referente aos candidatos do ano de 2021. Apesar das condições adversas do mercado, a receita da Weg cresceu 34,9% frente ao mesmo período de 2020.

No último dia 20, a Web divulgou ao público os resultados do segundo trimestre de 2022. Durante o período, mesmo diante do alto custo de commodities, tais como energia e logística, a empresa registrou uma receita operacional líquida de R$7,15 bilhões, um crescimento de 25% diante o mesmo período de 2021. Além disso, durante o primeiro semestre de 2021, a receita da Weg cresceu 29,5%, onde alcançou o patamar de R$14,013 bilhões.

Paralelamente, o lucro líquido da empresa caiu 19,5% no primeiro trimestre do ano, frente ao mesmo período do ano passado, com total de R$912,6 milhões. Basicamente, os seis primeiros meses de 2022 rendeu a Weg um lucro de R$1,85 bilhão, com redução de 2,2% frente ao mesmo período de 2021.

Apesar das previsões que apontam um crescimento menor para o Produto Interno Bruto (PIB), Schmelzer acredita que a expectativa para a Weg é positiva.

Mercado de Carros Elétricos causa otimismo na Weg

Conforme Schmelzer, o otimista é baseado nos novos segmentos de negócios e exportações. Segundo ele, o cenário impulsiona a Weg a seguir com o plano para 2022, que prevê R$1,5 bilhões em modernização e automação industrial, com intuito de robotizar as operações e ampliar a capacidade de produção no Brasil.

Para isso, ele afirma que a empresa colocará esforços no desenvolvimento de produtos mais eficientes, tais como motores elétricos, processos e serviços criados para a indústria 4.0, que incluem sistemas de armazenamento de energia por baterias, caminhos e sistemas para a recarga de baterias para carros elétricos, e tração elétrica para ônibus.

Dessa forma, a Weg também está interessada em capturar oportunidades nos segmentos tradicionais de atuação na área de energia, como distribuição e geração, uma vez que tais tendências demandam redes mais eficientes e uma maior produção de eletricidade. 

A empresa SolarGrid, está com vagas abertas para Especialista em estudos energéticos, técnicos eletricistas e outras no RJ, veja!.

Mercado de Carros Elétricos cresce no Brasil

Conforme a Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea), somente em 2021, os carros elétricos e híbridos corresponderam a 1,8% das vendas de veículos leves. Entretanto, a Associação acredita que, em 2035, esse número pode corresponder até 65% dos emplacamentos no país.

Dessa forma, a Web tem atuado na produção de sistemas de tração elétrica e armazenamento em baterias para carros. Paralelamente, a empresa estuda possibilidades de fabricação de equipamentos para estações de recarga e infraestrutura de rede eficiente para atender os eletropostos.

Atualmente, a Weg já firmou parcerias para ser fornecedora de diversas montadoras, tais como a Peugeot, Renault, Jeep, Citroën e Fiat. No mercado internacional, a empresa iniciou a sua exportação para a Argentina, ao atender a veículos elétricos do Grupo Stellanis.

Relacionados
Mais recentes