Tuesday, 21 de September de 2021

Usinas renováveis na BA, MG, GO e RN ganham autorização da Aneel para iniciar operações

Aneel permite que algumas usinas renováveis iniciem as suas operações e parques eólicos do Nordeste, entrem em fase de teste

Pensado no futuro do Brasil, Aneel permite que algumas usinas renováveis iniciem as suas operações e que outras, entrem em fase de teste.

Na manhã dessa quinta-feira, 02, a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) autorizou que novas usinas renováveis iniciassem as suas operações. Os estados beneficiados com essa autorização de hoje foram o Rio Grande do Norte e a Bahia. No total, cinco parques eólicos irão começar a atuar, adicionando ao sistema elétrico brasileiro, uma capacidade superior a 150 MW.

Veja mais notícias:

Quais usinas renováveis entraram em funcionamento no Rio Grande do Norte, na Bahia, Goiás e Minas Gerais?

Uma das usinas renováveis que foi ativada no RN, está localizada entre os municípios de Riachuelo e Bento Fernandes. O parque eólico Ventos de Santa Martina 13, a partir de agora, conseguirá gerar 33,6 MW de capacidade instalada. Uma vez que, possui duas unidades geradoras de energia eólica. Já entre os municípios de Ruy Barbosa e Riachuelo, uma unidade geradora da usina eólica Ventos de Santa Martina 09 também foi autorizada a iniciar suas operações.

Ainda no estado do RN, a Aneel autorizou que testes fossem iniciados nos seguintes parques eólicos: Ventos de Santa Martina 01, Ventos de Santa Martina 11 e Ventos de Santa Martina 12. Dessa forma, ao somar as operações nessas usinas, a capacidade chega a perfazer 29,4 MW.

No estado da Bahia, um total de 19 unidades geradoras de energia eólica foram liberadas para iniciar suas operações. A cidade beneficiada é Sento Sé, onde abriga os seguintes campos de usinas eólicas: Campo Largo XI, Campo Largo XII e Campo Largo XIII.

Dentre os estados que ganharam autorização da Aneel, está Goiás. Situada na cidade de Quirinópolis, a fábrica de biomassa pertencente ao grupo São Martinho iniciou suas operações, com 44,5 MW de capacidade instalada. Já em Minas Gerais, as usinas renováveis foram abertas no município de Jaíba. No total, foram autorizadas três usinas, dentre elas: Jaíba 3, Jaíba 4 e Jaíba 9.

Na Jaíba 3, a capacidade instalada é de 33 MW, assim como, na Jaíba 4. No entanto, a usina Jaíba 9 tem uma capacidade inferior em relação as outras duas, chegando a perfazer um total de 22,5 MW.

Aneel libera parques eólicos para iniciarem o período de testes

O Nordeste vem ganhando bastante destaque quando o assunto é geração de energia, através de usinas renováveis. Pensando nesse ótimo desempenho, alguns projetos ganharam aval para iniciar a sua fase de testes. Assim, quando as operações forem iniciadas, mais beneficiado será o país com energia limpa e bem mais barata que a elétrica.

Um dos contemplados foi o estado da Paraíba. Localizada entre os municípios de Santa Luzia e Areia de Baraúnas, a usina eólica Chafariz 4, tem uma capacidade instalada de 17,325 MW, e caso os testes sejam promissores, essa capacidade será em breve, adicionada ao sistema elétrico brasileiro.

Entre os três projetos que estavam aptos para iniciar os testes, dois deles estão localizados no Rio Grande do Norte. Uma das usinas renováveis está situada na Vila Espírito Santo III, na cidade de Serra do Mel. A capacidade instalada é de apenas 4,2 MW, no entanto, quando agregada ao sistema, pode ser bastante vantajosa.

Entre os parques eólicos presentes no RN, mais um poderá entrar em ação em breve. No município de Touros, o Farol de Touros foi mais um dos que ganharam permissão da Aneel para iniciar os testes no local. No momento, a sua capacidade instalada é de 3,550 MW.

Ruth Rodrigues
Formada em Ciências Biológicas pela Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN), atua como redatora e divulgadora científica.