Início Show Rural conta com assinatura de contratos voltados para energias renováveis

Show Rural conta com assinatura de contratos voltados para energias renováveis

fevereiro 11, 2022 às 11:50 am
Compartilhe
Siga-nos no Google News
O Show Rural, que ocorreu em Cascavel, contou com a assinatura de diversos contratos para a produção de energias renováveis como a energia solar, o biometano e o biogás 
O Show Rural, que ocorreu em Cascavel, contou com a assinatura de diversos contratos para a produção de energias renováveis como a energia solar, o biometano e o biogás. Fonte: Divulgação

O Show Rural, que ocorreu em Cascavel, contou com a assinatura de diversos contratos para a produção de energias renováveis como a energia solar, o biometano e o biogás 

Durante esta última quinta-feira, (10/02), ocorreu em Cascavel, Paraná, o Show Rural, com mais de 200 pessoas que participaram de uma reunião no espaço do Instituto de Desenvolvimento Rural do Paraná- Iapar-Emater (IDR-Paraná). Assim, os produtores rurais assinaram diversos contratos para a produção de energias renováveis em suas atividades, com foco na energia solar, no biometano e no biogás, que são fortes fontes na região devido ao alto potencial de produção.

Não perca outras notícias do setor:

Produtores rurais fecham contratos para a produção de energias renováveis em Cascavel durante a edição do Show Rural na cidade 

Esta última semana foi marcada pelo evento conhecido como Show Rural, na região de Cascavel, que contou com mais de 200 pessoas em uma reunião no espaço do Instituto de Desenvolvimento Rural do Paraná- Iapar-Emater (IDR-Paraná) para conhecer detalhes do programa RenovaPR. Assim, o foco principal do evento girou em torno das energias renováveis e sua produção e diversos produtores rurais fecharam contratos para desenvolver projetos nesse segmento. 

Um dos maiores projetos fechados durante o Show Rural foi o do produtor Osmar Manfredi, de Dois Vizinhos, que assinou um contrato no valor de R$ 412.476,26, para a implantação de um sistema de energia solar com placas fotovoltaicas em sua propriedade. O produtor conseguiu uma parceria com o convênio do Banco do Brasil, Banco do Agricultor Paranaense e a Fomento Paraná, e terá a subvenção da taxa de juros do projeto, com recursos do Fundo de Desenvolvimento Econômico. O  secretário estadual da Agricultura e Abastecimento, Norberto Ortigara, estava presente na assinatura e comemorou mais um empreendimento de energias renováveis no estado. 

O produtor também contará com o crédito dos bancos para conseguir dar continuidade ao projeto e diversificar ainda mais a matriz energética do estado do Paraná. Com contratos como esse, o governo do estado tem como objetivo não limitar a sua produção de energias renováveis ao biometano e o biogás e expandir ainda mais novas fontes sustentáveis para a produção desse recurso, como por exemplo a energia solar e a eólica. 

RENOVAPR continua com seus esforços para atrair novos investimentos para as energias renováveis no estado do Paraná 

Os benefícios da energia solar ainda são bastante discutidos dentro do estado do Paraná, visando mais incentivos para esse tipo de produção e, sobre o tema, o secretário estadual da Agricultura e Abastecimento, Norberto Ortigara, comentou que “Com a instalação da energia solar a despesa cai, de imediato, para a taxa mínima de uso da rede da Copel. Em menos de quatro anos o investimento se paga para a energia solar e um pouco mais para o biogás”. Assim, o governo do estado busca atrair novos empreendimentos para essa produção, de modo a diversificar a matriz energética do Paraná. 

Além dos contratos assinados pelos produtores rurais, o programa RENOVAPR também contou com um grande destaque no evento, voltando os olhares para as energias renováveis. Assim, o projeto contou com mais de 150 metros quadrados junto à área do IDR-PR destinados a demonstrar alternativas de energias renováveis como a energia solar, energia do biogás e biometano, bem como a energia eólica.

Com isso, os visitantes puderam ver um conjunto de placas fotovoltaicas, com energia solar funcionando, gerando energia e movimentando equipamentos em tempo real. O estado do Paraná continua avançando dentro do segmento energético e reafirmando o seu compromisso ambiental após o evento, não somente nas áreas urbanas, mas também agora adentrando nos espaços da produção rural e em todo o estado.

Relacionados
Mais recentes