Saturday, 04 de December de 2021

Presidente da Abrace afirma que o Brasil pode ser líder mundial em energia renovável

Presidente da Abrace analisou o potencial que o Brasil possui para a produção de energia renovável e afirmou que o país poderia ser líder mundial

O presidente da Abrace fez algumas análises recentes acerca do potencial que o Brasil possui para a produção de energia renovável e afirmou que o país poderia ser líder mundial na área

Durante esta última quarta-feira, (03/11), o presidente da Associação Brasileira de Grandes Consumidores Industriais de Energia e Consumidores Livres (Abrace), Paulo Pedrosa, comentou acerca do potencial brasileiro para a produção de energia renovável a partir de fontes alternativas e limpas. O executivo acredita que o Brasil tem capacidade para ser líder mundial no setor energético.

Veja outras notícias do setor:

Brasil é um país altamente favorecido para a produção de energia renovável 

A corrida por alternativas mais sustentáveis para a produção de energia está cada vez mais presente ao redor do mundo inteiro, em decorrência do crescimento dos impactos ambientais provindos desse setor, e o Brasil é bastante favorecido para produzir energia renovável. Isso acontece, em especial, pela posição geográfica que coloca o país em um local com grande capacidade para a produção de energia utilizando tanto painéis fotovoltaicos quanto parques eólicos, os quais necessitam de recursos que são abundantes no país.

Paulo Pedrosa destacou alguns pontos importantes que favorecem essa geração de energia renovável no Brasil e citou o favorecimento que o país possui para isso. O presidente da Abrace complementou afirmando que “Combinando as fontes renováveis e usando melhor os reservatórios e talvez com quantidade de térmicas para firmar a energia das hidrelétricas e novas tecnologias, temos condições de liderar o mundo com energia renovável e competitiva.”

Assim, o que o executivo quer pontuar é que nenhum outro país tem tantas condições favoráveis assim para a produção de uma matriz energética diversificada e altamente sustentável, basta apenas investimentos no setor para que o país se torne líder mundial em geração de energia renovável. Entretanto, a área energética no Brasil ainda é bastante negligenciada e deixada de lado para dar atenção à produções como as próprias petrolíferas, que acabam impactando ainda mais o meio ambiente com a emissão de gases poluentes na atmosfera. 

Crise energética é o momento ideal para investir em energia renovável, segundo Pedrosa

Apesar de ter uma grande capacidade para se tornar líder mundial em geração de energia renovável, em razão da sua posição geográfica altamente favorecida, o Brasil prefere fugir do cenário e não procurar o destaque no setor. O privilégio que o país possui para essa produção energética é utilizado para que ele fuja da concorrência e se torne um coadjuvante no cenário mundial, embora possa ser o grande protagonista, com apenas investimentos nesse setor. 

O presidente da Abrace ainda comentou acerca de como tudo tem energia nos dias atuais e isso comprova a necessidade de investir em geração de energia renovável para um futuro mais sustentável. Pedrosa afirmou que “Tudo tem custo da energia, quem paga 100 reais da conta de energia, gasta 300 reais na energia do secador de cabelo do cabeleireiro, na energia usada para congelar o frango ou para fazer o espelho que pendura em casa. O custo da energia chega três vezes mais forte através do que eles compram”.

Dessa forma, Paulo vê o momento atual de crise energética que as petrolíferas, em especial, estão passando, como um cenário propício e favorável para investimentos em energia renovável. Com isso, o Brasil poderia deixar de depender, em sua maior parte, de fontes energéticas prejudiciais ao meio ambiente e deveria começar a diversificar ainda mais a sua matriz, buscando novas alternativas ecológicas. 

Ruth Rodrigues
Formada em Ciências Biológicas pela Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN), atua como redatora e divulgadora científica.