Saturday, 22 de January de 2022

Governo de Alagoas fecha parceria com a Equatorial Energia para reduzir tarifas de produtores rurais

Governo de Alagoas, por meio da Sedetur, fechou parceria com a Equatorial Energia para reduzir as tarifas de energia dos produtores rurais vinculados à Cooperal

O governo de Alagoas, por meio da Sedetur, fechou uma parceria com a Equatorial Energia para reduzir as tarifas de energia dos produtores rurais vinculados à Cooperal

Durante esta última quarta-feira, (22/12), o governo de Alagoas, por meio da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico e Turismo (Sedetur), fechou uma parceria com a Equatorial Energia que visa a redução das tarifas de energia em até 60% para pequenos produtores rurais que estão vinculados à Cooperativa dos Produtores Rurais de Arapiraca (Cooperal).

Não deixe de conferir outras notícias do setor:

Produtores rurais da Cooperal terão até 60% das tarifas de energia reduzidas pela Equatorial Energia

O governo de Alagoas, por meio da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico e Turismo (Sedetur) anunciou recentemente uma parceria com a Equatorial Energia que irá beneficiar os pequenos produtores rurais vinculados à Cooperativa dos Produtores Rurais de Arapiraca (Cooperal). Com o acordo fechado entre a companhia e o governo do estado, os produtores terão as tarifas de energia reduzidas em até 60%, o que irá beneficiar o desenvolvimento dessas operações com reduções de custo e a expansão do setor.

O acordo foi assinado pelo secretário Marcius Beltrão, pelo presidente da Equatorial, Humberto Soares e pela presidente da Cooperativa dos Produtores Rurais de Arapiraca (Cooperal), Maria José Alves. Além disso, o secretário de Desenvolvimento Econômico e Turismo de Alagoas, Marcius Beltrão, ressaltou que “O setor do cooperativismo – que trabalha diretamente com a agricultura familiar-, tem um papel imprescindível e que não podemos deixar de lado, que é ajudar o trabalhador do campo a conseguir se manter no campo. Através desses descontos na tarifa de energia o segmento cada vez mais se fortalece e com a economia consegue investir nos seus produtos”.

Com o acordo assinado, os produtores rurais associados à Cooperal poderão se vincular aos programas Tarifa Social e Tarifa Rural, podendo alcançar descontos entre 24% a 60% na tarifa de energia. Assim, a Sedetur e o governo de Alagoas pretendem aumentar os incentivos à produção rural e expandir o setor por todo o estado.

Acordo com a Equatorial Energia para a redução de tarifas de energia irá atrair novos olhares para a produção rural no estado

A estratégia para atrair novos olhares e expandir o setor da produção rural faz parte do plano do governo de Alagoas e da Sedetur para o crescimento do estado. Ainda sobre o tema, o presidente da Equatorial Alagoas, Humberto Soares, ressaltou que “Essa parceria com a Sedetur é importante para que possamos ofertar uma tarifa diferenciada para esses produtores. Tanto uma Tarifa Rural, que o desconto pode chegar até 24%, quanto uma Tarifa Social, para famílias de baixa renda, que chegam até 65% de desconto. Muitas famílias alagoanas têm esse direito e nem sequer conhece”.

Já a presidente da Cooperativa dos Produtores Rurais de Arapiraca (Cooperal), Maria José Alves, destacou a importância dessa iniciativa para o segmento e afirmou que “Toda economia que o agricultor consegue fazer é importante, porque ele pode investir na própria lavoura, por exemplo. Ações como essas trazem muitos benefícios para a gente. Precisamos de apoio para que continuemos fazendo nosso trabalho e levando alimento para mesa de muito”.

Os Programas Tarifa Social e Tarifa Rural, regulamentados pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) são algumas iniciativas da Sedetur para conseguir beneficiar famílias de baixa renda e agora o acordo com a Equatorial Energia irá trazer benefícios também para os pequenos produtores rurais, que poderão reduzir os gastos com esse recurso e ter a possibilidade de expandir o seus negócios no mercado de Alagoas e do Brasil inteiro.

Ruth Rodrigues
Formada em Ciências Biológicas pela Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN), atua como redatora e divulgadora científica.