Saturday, 04 de December de 2021

Fortinet cria plano para zerar emissão de carbono nos próximos anos

A multinacional Fortinet anunciou o seu compromisso com o projeto de emissão zero de carbono nos próximos anos, com investimentos em energia renovável

A multinacional Fortinet anunciou o seu compromisso com o projeto de emissão zero de carbono nos próximos anos, com investimentos em energia renovável

A preocupação acerca das mudanças climáticas está cada vez mais presente no mercado global e a emissão de carbono é um dos principais causadores desses efeitos. Pensando nisso, a Fortinet anunciou nesta última segunda-feira, (22/11), o seu plano de compromisso para conseguir chegar à emissão zero de carbono nas suas operações nos próximos anos, com investimentos em energia renovável e novos projetos voltados ao tema do meio ambiente.

Não perca essas notícias:

Empresa Fortinet pretende zerar a emissão de carbono até o Escopo 3 com seu projeto de sustentabilidade

O impacto da emissão de carbono na atmosfera e os efeitos negativos ao meio ambiente só cresce com o passar dos anos e as organizações defensoras da sustentabilidade estão pressionando as companhias cada vez mais a diminuírem a emissão dessa substância. Agora, foi a vez da multinacional Fortinet anunciar o seu projeto de sustentabilidade que visa zerar a emissão de carbono nas suas operações nos próximos anos, dando mais um passo para um futuro mais limpo e ecológico. 

A companhia já fez toda a medição da sua emissão de carbono atual nos Escopos 1 e 2 e, até o fim do ano de 2022, pretende juntar os dados da emissão no Escopo 3 também, liberando todos os dados no relatório de sustentabilidade da Fortinet, que deve ser publicado ainda em 2022. Assim, a empresa tem como objetivo manter a transparência e o seu compromisso com o meio ambiente para conseguir chegar à meta de emissão zero de carbono nas suas operações.

A Responsabilidade Social Corporativa (CSR) da Fortinet também irá incluir outras iniciativas, como melhorias na segurança da companhia, investindo em uma segurança mais sustentável, e investimentos na produção de energia renovável para as suas sedes, localizadas ao redor de todo o mundo e sempre presentes no mercado global. 

Nova sede da Fortinet irá unir o compromisso da empresa com o meio ambiente e o desejo pelo desenvolvimento no mercado global 

O plano de compromisso para zerar a emissão de carbono até o Escopo 3 tem como data prevista para o ano de 2030, mas a empresa já começou a agir para colocar essa iniciativa em prática. Como parte do projeto, a Fortinet irá abrir uma nova sede, localizada em Sunnyvale (EUA), que tem como objetivo unir o desejo de expansão no mercado e o compromisso com o meio ambiente em um só local. 

A principal diferença da nova sede da Fortinet para o plano de compromisso com o meio ambiente é a redução de cerca de 30% em utilização energética que a empresa conseguiu no local, além de incluir painéis fotovoltaicos e sistema de resfriamento que reduzem ainda mais a emissão de carbono na atmosfera e irá economizar cerca de 76 mil galões de água por ano na nova sede. 

A empresa também conta com uma sede no Brasil, localizada no Pátio Victor Malzoni, na Av. Faria Lima, e possui uma automação completa para se tornar um edifício mais verde e sustentável. Assim, a Fortinet pretende continuar com os investimentos em energia renovável e o seu plano para zerar a emissão de carbono até o ano de 2030, aliando o projeto ao seu constante crescimento no mercado global.

Ruth Rodrigues
Formada em Ciências Biológicas pela Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN), atua como redatora e divulgadora científica.