Início Em meio à crise energética no Brasil, energia solar é alternativa viável para empreendedores

Em meio à crise energética no Brasil, energia solar é alternativa viável para empreendedores

janeiro 31, 2022 às 10:06 pm
Compartilhe
Siga-nos no Google News
A crise hídrica do país acabou encarecendo a energia elétrica e, segundo alguns especialistas, a energia solar é uma alternativa viável para empreendedores reduzirem custos
A crise hídrica do país acabou encarecendo a energia elétrica e, segundo alguns especialistas, a energia solar é uma alternativa viável para empreendedores reduzirem custos. Fonte: Pixabay

A crise hídrica do país acabou encarecendo a energia elétrica e, segundo alguns especialistas, a energia solar é uma alternativa viável para empreendedores reduzirem custos

Os custos com o consumo de energia elétrica estão cada vez mais caros por todo o Brasil, em decorrência da crise hídrica que ronda o país. Pensando nisso, alguns especialistas afirmaram, durante esta última segunda-feira, (31/01), que a energia solar é uma alternativa bastante viável nesse cenário, principalmente para os empreendedores que pensam em reduzir os seus custos com esse recurso.

Confira:

Utilização da energia solar é uma ótima alternativa para empreendedores reduzirem custos com esse recurso

A crise hídrica que ronda o país resultou em um aumento na conta de luz, uma vez que desde setembro tem sido aplicada a bandeira tarifária que adiciona R$ 14,20 nas contas a cada 100 kWh consumidos. Assim, os especialistas do segmento acreditam que as fontes renováveis de energia, em especial a energia solar, são ótimas formas para reduzir esses custos, já que o potencial de geração por meio dessas fontes é bastante grande no território nacional.

A vice-presidente da Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica (Absolar), Bárbara Rubim, destacou a importância da geração própria de energia solar em relação à redução de custos para os empreendedores e afirmou que  “ao fazer isso, a empresa passa a ter uma previsibilidade maior de qual vai ser o custo com eletricidade, se previne das elevadas altas tarifárias que o Brasil vem enfrentando e libera uma parcela representativa de seu orçamento para reinvestir no desenvolvimento de suas atividades fins”.

Já a empreendedora Marli Alves, de Araraquara, no interior de São Paulo, ressaltou a economia que obteve após instalar a energia solar no seu negócio e complementou: “Daqui a quatro anos acaba o meu financiamento e vou pagar cinco a seis vezes menos de energia por mês com o sistema solar. Minhas clientes querem conforto, mas antes eu tinha medo de ligar o ar-condicionado e não conseguir pagar a conta. Agora isso acabou”.

Conta de luz pode deixar de ser um problema para empreendedores com a utilização da energia solar

A energia solar apresenta inúmeros benefícios durante a sua utilização já que, além de ser uma ótima forma de reduzir os impactos ambientais, ela oferece uma garantia de produção própria e evita problemas com a conta de luz no fim do mês, principalmente em tempos de crise hídrica que assola o Brasil. Assim, os empreendedores têm buscado cada vez mais esses projetos como uma alternativa viável para o problema.

O produtor rural e presidente do Sindicato Rural no município de Caconde, Ademar Pereira, também aderiu à energia solar e obteve uma boa economia, já que antes gastava em média R$ 1,5 mil com energia e hoje não passa de R$ 70 por mês. O empreendedor afirmou que “Essa diferença nos ajudou a investir em equipamentos importantes na produção, como sistemas de irrigação, cercas elétricas e muitas outras necessidades que auxiliam no processo como um todo. Essa economia permite que façamos muitas coisas que antes não tínhamos recursos”.

A consultora Patrícia Peceguini, ressaltou a relevância dessa economia para a empresa, uma vez que os valores podem ser utilizados para o crescimento do negócio e destacou: “O resultado (lucro) maior promove um aumento do capital de giro, que pode ser utilizado para reserva de emergência, compra de mercadorias com desconto, redução de despesas com juros e antecipações, ou ainda, para investimentos diversos”.

Relacionados
Mais recentes