Início Placa solar de grafeno vale à pena? A vida útil é de 80 anos e economizam 40% na conta de luz

Placa solar de grafeno vale à pena? A vida útil é de 80 anos e economizam 40% na conta de luz

junho 1, 2022 às 7:58 am
Compartilhe
Siga-nos no Google News
Placa solar de grafeno vale à pena? A vida útil é de 80 anos e economizam 40% na conta de luz - Canva
Placa solar de grafeno vale à pena? A vida útil é de 80 anos e economizam 40% na conta de luz – Canva

A empresa localizada no Rio de Janeiro, chamada de Telite, desenvolveu um material que pode ser utilizado em telhas para produção de energia solar e que leva o grafeno como sua principal matéria prima.

O grafeno é conhecido por ser um dos materiais mais finos do mundo. Levando isso em conta, é considerado como boa composição para a placa solar. Um dos lados negativos, de acordo com a empresa que fez a criação do projeto, é que a conta de luz muitas vezes não consegue ser zerada com eles. Em compensação a isso, a vida útil é de 80 anos enquanto os painéis tradicionais que são comercializados no mercado atual possuem a garantia de 25 anos com a produção mínima de 80% do que foi contratado. 

A empresa Telite foi responsável por realizar os estudos para descobrir que o material de grafeno poderia ser um bom condutor para produção de telhas sustentáveis. Atualmente, a empresa já vende mais 25 mil telhas a cada mês e vem investindo em tecnologia de ponta para expandir o mercado de forma expressiva.  Segundo o que foi informado pela instituição, é estimado que apenas uma telha, que é utilizada na residência, possa produzir na faixa de 30 kW. Ou seja, a mesma quantidade que uma lâmpada de luz gastaria caso ficasse o dia inteiro ligada pelo período de um mês. 

Outras notícias:

Como é produzida a placa solar que vai diminuir a sua conta de luz?

Em coletiva de imprensa que foi compartilhada com o portal do Click Petróleo e Gás, a empresa afirmou que a placa solar pode ser produzida através de polietileno de alta densidade composta em grande parte de grafeno.  Cada uma das telhas consegue produzir na faixa de 30 W por mês, o que é equivalente ao mesmo valor que é  gasto por uma lâmpada, caso ela ficasse ligada durante o mês inteiro.  

Vale salientar que a produção energética das telhas pode variar de acordo com o grau de exposição solar. Os dados revelados (30 KW) são uma média dos estudos levantados pela instituição. 

Um dos lados positivos de fazer o investimento é que, se na residência em que se mora o número de telhas e do valor que for produzido de energia for maior do que o gasto pelos moradores, o restante poderá ser vendido para  a concessionária que é responsável pela distribuição no estado. Por exemplo, os moradores de Santa Catarina poderiam vender o restante da energia que produziram e não gastaram para a Celesc. 

O investimento é positivo, visto que as telhas possuem a capacidade de ter a durabilidade de 80 anos. Ou seja, é bem mais do que a capacidade de duração das placas solares tradicionais, que possuem a garantia de 25 anos com a produção de 80% ou mais do que teria sido contratado pelo cliente. 

As telhas de grafeno são produzidas para atender a um público diverso e não são vendidas apenas para as empresas. Por isso, cidadãos de todas as classes sociais podem fazer a solicitação das mesmas e pedir orçamentos  pela Telite Segundo a coletiva de imprensa, este tipo de material  também pode ser utilizado para auxiliar os locais em que ainda não há energia elétrica. 

Relacionados
Mais recentes