Início Líder na produção de energia eólica, o Rio Grande do Norte agora conta com mais um Complexo Eólico, o Serra do Mel II, projeto da companhia Echoenergia

Líder na produção de energia eólica, o Rio Grande do Norte agora conta com mais um Complexo Eólico, o Serra do Mel II, projeto da companhia Echoenergia

março 31, 2022 às 2:34 am
Compartilhe
Siga-nos no Google News
A empresa Echoenergia inaugurou o novo Complexo Eólico Serra do Mel II, localizado no estado do Rio Grande do Norte, para tomar novos rumos no seu projeto de produção de energia eólica no Brasil
A empresa Echoenergia inaugurou o novo Complexo Eólico Serra do Mel II, localizado no estado do Rio Grande do Norte, para tomar novos rumos no seu projeto de produção de energia eólica no Brasil. Fonte: Elisa Elsie

A empresa Echoenergia inaugurou o novo Complexo Eólico Serra do Mel II, localizado no estado do Rio Grande do Norte, para tomar novos rumos no seu projeto de produção de energia eólica no Brasil

Durante essa última terça-feira, (29/03), a governadora do Rio Grande do Norte, Fátima Bezerra, realizou a inauguração do complexo eólico Serra do Mel II, projeto da companhia Echoenergia para proporcionar um crescimento na produção de energia eólica dentro do território nacional e aproveitar o grande potencial que o estado possui para esse segmento.

Não perca:

Complexo Eólico Serra do Mel II é inaugurado pela companhia Echoenergia e pelo governo do estado do Rio Grande do Norte 

O estado do Rio Grande do Norte deu mais um passo em busca do seu crescimento dentro do segmento das energias renováveis e inaugurou mais um projeto de produção de energia eólica durante esta última terça-feira. Apesar de ser o líder na produção desse recurso dentro do território nacional, o governo do estado ainda continua atraindo novos investimentos para garantir um bom desenvolvimento socioeconômico para o estado, com a geração de oportunidades de emprego para a população potiguar. 

O complexo eólico Serra do Mel II, localizado na própria região da Serra do Mel, é o novo empreendimento da companhia Echoenergia dentro do estado. A reunião para a inauguração aconteceu no Hotel Thermas, na cidade de Mossoró, e contou com a presença da própria governadora Fátima Bezerra, bem como dos representantes da companhia energética e mais executivos da administração do estado. O estado já conta com mais de 200 empreendimentos no setor das energias renováveis em execução na região e o complexo eólico da Echoenergia é a mais nova aposta do governo estadual para atrair novos olhares para a energia eólica. 

Além do complexo eólico Serra do Mel II, que possui uma potência instalada de 1,3 GW e será o grande responsável pela produção principal da empresa no estado, a Echoenerigia possui mais um projeto nesse segmento dentro da região, o Echo3, também em Serra do Mel, com 24 aerogeradores e 101 MW de potência instalada, que, apesar de garantir uma boa geração de energia para a empresa, ainda não chega a ser tão relevante quanto o complexo eólico recém-inaugurado. 

Echoenergia possibilitou o emprego de mais de 10 mil potiguares ao longo do projeto de construção do Complexo de Energia Eólica no Rio Grande do Norte

O Rio Grande do Norte é o maior produtor de energia eólica de todo o Brasil e possui cerca de 6,6 Gigawatts de potência instalada, além de ter capacidade para uma expressiva expansão ao longo dos próximos anos. Assim, o governo do estado busca cada vez mais novos empreendimentos para crescer nesse setor e o Serra do Mel II foi de extrema importância para o desenvolvimento socioeconômico do estado ao longo do projeto de construção, uma vez que ofereceu mais de 10 mil empregos diretos e indiretos para a população potiguar. 

Dessa forma, a governadora Fátima Bezerra comentou sobre a relevância de desenvolver o setor da energia eólica no estado e afirmou que “Esse governo tem consciência da importância do tema das energias renováveis e trabalha de forma integrada, mantendo um diálogo franco com a iniciativa privada, para promover cada vez mais o desenvolvimento do Estado. O futuro está sendo construído no presente com uma gestão que tem planejamento, foco e responsabilidade”.

Com investimentos calculados em cerca de R$ 2,2 bilhões ao longo de todo o projeto, o complexo eólico Serra do Mel II será um ótimo empreendimento para o estado do Rio Grande do Norte e irá beneficiar a Echoenergia em relação à sua presença dentro do setor das renováveis no Brasil.

Relacionados
Mais recentes