Início Em meio ao aumento na conta de luz, Senai revela que o Brasil está passando por um ótimo momento para investimentos em energia solar

Em meio ao aumento na conta de luz, Senai revela que o Brasil está passando por um ótimo momento para investimentos em energia solar

janeiro 29, 2022 às 11:13 pm
Compartilhe
Siga-nos no Google News
O Senai aponta que o cenário atual é bastante favorável para investir na produção de energia renovável, principalmente a energia solar, e reduzir os custos com a conta de luz no Brasil
O Senai aponta que o cenário atual é bastante favorável para investir na produção de energia renovável, principalmente a energia solar, e reduzir os custos com a conta de luz no Brasil. Fonte: Aldo Solar

O Senai aponta que o cenário atual é bastante favorável para investir na produção de energia renovável, principalmente a energia solar, e reduzir os custos com a conta de luz no Brasil

Um dos principais problemas em relação aos gastos dos brasileiros atualmente é o alto custo da conta de luz em todo o Brasil. No entanto, o Senai revelou, durante esta última quinta-feira, (27/01), sobre o cenário favorável no país para investir na produção de energia renovável, principalmente na energia solar, com o objetivo de reduzir esses custos.

Leia também:

Energia solar vem crescendo fortemente no Brasil, sendo uma alternativa viável para reduzir conta de luz, segundo Senai 

O momento atual no mercado brasileiro ainda é bastante instável, em razão da pandemia do Covid-19 e da crise hídrica que assolou o país, elevando os custos de muitos recursos básicos, como por exemplo a energia. Assim, a conta de luz está cada vez mais alta e os brasileiros estão buscando alternativas viáveis para contornar esse momento. Dessa forma, o Senai Empresa (Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial) vê na energia renovável uma ótima oportunidade para quem pode investir, em especial a energia solar, que está crescendo mais e mais no país. 

Segundo dados da Absolar (Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica), atualmente existem no país mais de 744 mil sistemas que abastecem residências, comércios, indústrias, áreas rurais, entre outros, que geraram no ano de 2021 mais de 8,3 mil megawatts de potência, um crescimento de 74,4% frente a 2020. Assim, o crescimento da energia solar é inegável e o cenário continua favorável para aqueles que pretendem investir nesse negócio. 

Dessa forma, o gerente do Senai Empresa, Thales Saad, vê na geração distribuída de energia renovável uma ótima forma de reduzir os custos com a conta de luz e destaca que “estamos vivendo um ambiente bastante favorável para esse tipo de investimento. Em nível federal, o marco legal traz a segurança jurídica necessária para proteger o investidor no futuro, e em níveis estadual e municipal o poder público está desenvolvendo modelos sustentáveis de produção de energia, com oferta de benefícios fiscais a quem aderir aos projetos”.

Marco da Geração Distribuída é um dos fatores que contribuem para o cenário favorável para a produção de energia solar no Brasil

A inflação em torno da conta de luz está cada vez mais alta e a previsão de reajuste para 2022 já está na casa dos 21%, segundo economistas. Assim, os principais prejudicados no fim das contas são os próprios consumidores, que precisam gastar cada vez mais por um recurso básico para uma boa vivência. Dessa forma, o Senai defende que agora é o momento de se planejar para investir, de forma segura, na geração de energia elétrica para atender às suas necessidades de consumo. 

O Marco da Geração Distribuída, aprovado no ano de 2021, também foi um grande passo para a produção de energia renovável no país e o engenheiro eletricista e consultor do Senai Empresa, Sebastião Dussel, ressalta que, segundo o próprio Marco Regulatório da Geração Distribuída, os projetos que receberam os protocolos até o dia 31 de dezembro de 2022 seguirão com as regras de funcionamento atuais até o mês de dezembro de 2045 e não sofrerão nenhuma alteração.

Por fim, o Senai também está disposto a contribuir com o crescimento da adesão desse recurso e desenvolveu um simulador de economia ao aderir à energia renovável, que pode ser consultado nesse site AQUI e informar dados como o valor médio da fatura e a finalidade da instalação do sistema.

Relacionados
Mais recentes