Início Um Telecom investe em energia renovável e implanta usina de energia solar no Pernambuco

Um Telecom investe em energia renovável e implanta usina de energia solar no Pernambuco

janeiro 24, 2022 às 11:10 pm
Compartilhe
Siga-nos no Google News
Um Telecom está com projeto voltado para energia renovável e implantou uma usina de energia solar no estado de Pernambuco para abastecer as suas operações na região
Um Telecom está com projeto voltado para energia renovável e implantou uma usina de energia solar no estado de Pernambuco para abastecer as suas operações na região. Fonte: Reprodução

Um Telecom está com seu projeto voltado para a energia renovável e implantou uma usina de energia solar no estado de Pernambuco para abastecer as suas operações na região

Visando dar mais um passo para um futuro mais sustentável, a Um Telecom anunciou recentemente a implantação de uma usina de energia solar no estado de Pernambuco. O projeto visa abastecer as operações da empresa com energia renovável e contribuir com a iniciativa de um futuro com mais sustentabilidade e compromisso ambiental. Uma pauta que até essa segunda-feira, (24/01), vem sendo bastante discutida entre diversos setores a nível mundial devido às mudanças climáticas.

Não perca outros artigos relacionados:

São Caetano é palco da instalação de uma usina de energia solar que irá abastecer as operações da Um Telecom nos próximos anos 

As companhias de telecomunicação estão cada vez mais ligadas à causa ambiental e à transição energética no mercado nacional. Agora, foi a vez da gigante Um Telecom implantar uma usina de energia solar que irá abastecer as suas operações na região de Pernambuco. A companhia anunciou recentemente o projeto de energia renovável que inclui essa usina, dando mais um passo para um futuro com mais sustentabilidade, além de contribuir com a agenda ambiental nos próximos anos.

A cidade de São Caetano, no estado de Pernambuco, foi a escolhida para a usina solar fotovoltaica com capacidade de 1,215 milhões de Megawaltt-hora/ano. O projeto de energia renovável da empresa irá contar com um investimento de R$ 5 milhões e o parque solar estará produzindo ainda no primeiro semestre de 2022, atendendo 80% da energia da empresa. Assim, a companhia irá evitar a emissão de cerca de 25 toneladas de carbono por ano, uma enorme contribuição para a causa ambiental no Brasil. 

O diretor adjunto de Controladoria da Um Telecom, Adilson Gadelha, comentou que “A Um Telecom está comprometida com as melhores práticas de ESG e a usina solar é mais um reflexo deste nosso engajamento. Estamos orgulhosos em fornecer as melhores soluções de conectividade por meio de energia limpa“. O executivo destacou ainda que “o investimento foi orientado pela sustentabilidade e preocupação com energia limpa e renovável. Mas a autoprodução de energia também proporciona previsibilidade de custos, o que poderá colaborar com o melhor planejamento e otimização de nossas operações”.

Um Telecom segue com suas práticas voltadas para o compromisso ambiental com implantação de usina de energia solar

O município de São Caetano, no Pernambuco, é agora palco da implantação da usina de energia solar que irá abastecer as operações da companhia de telecomunicações. A planta tem uma área total de 10 mil metros quadrados e possui infraestrutura suficiente para a empresa dobrar a produção nos próximos anos, caso seja o desejado. Os principais benefícios para as produções da empresa incluem a baixa nos gastos e redução nas tarifas desse recurso, além da vantagem para o meio ambiente. 

Assim, a empresa destacou novamente o seu compromisso com as práticas ESG e com a causa ambiental nas suas operações e afirmou que seguirá com esse e outros projetos voltados para a energia renovável nos próximos anos. Isso acontece pois o setor de telecomunicações é um grande consumidor de energia em todo o Brasil e, com esse projeto, a companhia abre espaço para novas alternativas mais sustentáveis dentro desse segmento e serve como referência para outras empresas

Além dessa iniciativa, a companhia adota uma série de outras iniciativas voltadas para a sustentabilidade, como o banimento de uso de descartáveis nos escritórios e prédios da empresa, a reciclagem e reuso de insumos e a redução máxima de detritos. Dessa forma, essas práticas contribuem para um futuro mais verde dentro do ramo da telecomunicação no Brasil.

Relacionados
Mais recentes