Thursday, 29 de July de 2021

Tudo o que você precisa saber sobre as Fontes de Energia Renováveis

Tudo o que você precisa saber sobre as Fontes de Energia Renováveis

Preparamos para você um guia sobre tudo o que você precisa saber sobre as Fontes de Energia Renováveis.

Quais os benefícios que as fontes de Energia Renováveis traz para a economia e também para o meio ambiente, além de contribuir para um qualidade melhor de vida para as futuras gerações. Continue conosco até o fim deste artigo e confira!

Fontes de Energia Renováveis

Energias renováveis – créditos: Portal energia

As Fontes de Energia Renováveis são recursos naturais que são considerados inesgotáveis utilizados para a geração de energia limpa. Essas fontes energéticas trazem vantagens em seus usos já que o impacto dessa energia no ambiente é mínimo quando comparado a outras fontes de energia. Exemplos de fontes de energia renováveis:

  • Luz do Sol (Energia Solar)
  • Ventos (Energia Eólica)
  • Água (Energia Hídrica)
  • Marés (Energia Maremotriz)
  • Ondas do Mar (Energia Ondomotriz)
  • Calor Terrestre (Energia Geotérmica)
  • Biomassa como combustível

Enquanto as fontes de energia renováveis são inesgotáveis, as fontes de energia não renováveis se esgotam podendo se esgotar a qualquer momento com o uso exagerado na produção de energia e combustíveis. Exemplos de energias não renováveis:

  • Petróleo
  • Carvão Mineral
  • Xisto
  • Gás Natural

Fontes de Energia Não Renováveis

As Fontes de Energia Não Renováveis são aquelas geradas por recursos naturais que são esgotáveis, assim como os combustíveis fósseis (petróleo, carvão mineral, gás natural e xisto) e também a energia nuclear.

Energias Renováveis

Energias que resultam de recursos renováveis, ou seja, não são esgotáveis assim como a energia hídrica, maremotriz, geotérmica e energias emergentes assim como energia solar, eólica e também a de biomassa.

Novas fontes de Energia Renovável

As novas energias renováveis são: Energia Solar, Eólica, Maremotriz e Bioeletricidade proveniente da biomassa. Essas tecnologias estão presentes há décadas, portanto, há ainda muito trabalho para ser desenvolvido nesse tipo de energia. As energias renováveis vêm sendo desenvolvidas nos últimos anos, porém, não há ainda nenhuma que seja aplicada em larga escala assim como a utilização da água salobra, hidrogênio e também a tecnologia de fotossíntese artificial.

Fontes de Energia Não renováveis, quais são?

  • Petróleo
  • Carvão Mineral
  • Xisto
  • Gás Natural
  • Fontes de Energia nuclear como Urânio e Tório

Diferença entre fontes de energia renováveis e não renováveis

Energias não renováveis – créditos: Bluesol

A principal diferença entre ambas as fontes é a limitação de uso: seus recursos renováveis são infinitos, enquanto as energias não renováveis utilizam recursos não renováveis, portanto, podem acabar se houver consumo exagerado. As principais energias renováveis são energia solar, energia eólica, energia hídrica, enquanto as energias não renováveis mais utilizadas são o petróleo, carvão mineral e gás natural.

Fontes de energia primárias renováveis

As fontes de energia primárias renováveis tem principal característica de possuir origem diretamente da natureza. Essas podem ser aproveitadas sem que haja o esgotamento ao longo do tempo, além de surgirem de modo constante como novas tecnologias e formas de produção utilizando recursos naturais. São fontes de energia renováveis primárias:

  • Energia Solar: Transforma a luz do Sol em energia elétrica através do inversor solar
  • Energia Eólica: Utiliza aerogeradores que geram energia através da força do vento
  • Energia Hídrica: Produzida por meio de hidrelétricas associadas a barragens de grande e média capacidade
  • Energia das Ondas e Marés: Energia gerada a partir do aproveitamento das ondas e das marés oceânicas
  • Energia da Biomassa: Feita através da queima de materiais orgânicos utilizando elementos como bagaço da cana-de-açúcar, madeira e óleo vegetal.

Fontes de energia renováveis utilizadas no Brasil

O Brasil possui as principais fontes de energia, que são as hidrelétricas que fazem parte da metade da geração de energia do país.

A energia solar e eólica vem ganhando também reconhecimento e seu uso vem crescendo. É estimado que em até 2050 a quantidade de energia gerada por painéis solares alcance entre 78 e 128 GW.

Principais Fontes de energia renováveis no Brasil e no Mundo

Principais Fontes de energia renováveis no Brasil e no Mundo – créditos: Ortsol/júnior Sales
  • Energia Solar: Criada a partir do calor do sol, ou seja, enquanto houver luz solar, essa energia poderá ser utilizada. Além disso, esta é uma forma de energia sustentável e possui baixo impacto ambiental. O potencial da energia solar se fosse totalmente aproveitada poderia gerar mais de 1800 vezes a energia consumida no mundo. Há dois tipos de Energia Solar, a Fotovoltaica e também a térmica. A Fotovoltaica converte a luz solar diretamente em eletricidade utilizando células fotovoltaicas enquanto a térmica converte o calor da luz solar em energia térmica.
  • Energia Oceânica: A energia gerada a partir das marés e das ondas do mar são aproveitadas para gerar energia sustentável, o valor armazenado na água do mar é também convertido em eletricidade através de trocadores de calor. O movimento de vai e vem ou para cima e para baixo das ondas é capturado e então é utilizado para gerar a energia. Já a energia das marés envolve o aprisionamento de água na maré alta e utiliza vazão no período onde a maré está baixando para gerar a energia elétrica renovável. A energia térmica oceânica utiliza as diferenças de temperatura entre as águas profundas e superficiais para extrair energia a partir do fluxo de ambas. No Brasil há o empreendimento energético instalado no Pecém e tem capacidade de gerar 50 kilowatts. Há um segundo projeto sendo construído na Ilha Rasa em Ipanema no Rio de Janeiro.
  • Energia Geotérmica: Energia que pode ser extraída de reservatórios subterrâneos profundos por meio da perfuração ou de outros reservatórios geotérmicos mais próximos da superfície. No Brasil a energia geotérmica é utilizada apenas na forma de água aquecida como no caso dos parques termais de Caldas Novas (GO) e Poços de Caldas (MG), porém, ainda não é utilizada para gerar energia renovável.
  • Energia da Biomassa: Importante fonte de energia desde quando as primeiras pessoas passaram a utilizar a lenha para cozinhar alimentos e aquecer-se contra o frio do inverno. A madeira é a fonte mais comum de energia de biomassa, portanto atualmente há também outros materiais assim como resíduos agrícolas e florestais, componentes orgânicos, gás metano de aterros e outros. A biomassa pode ser utilizada para produzir eletricidade ou também combustível. No Brasil o Etanol, Biodiesel e Biogás são as principais fontes de energia através da biomassa utilizada no Brasil.
  • Energia Hídrica: Essa fonte de energia utiliza água em movimento para gerar energia. A pressão da água que flui sobre as lâminas da turbina roda um eixo que converte o movimento em energia elétrica. Essa é a tecnologia mais avançada e madura de energia renovável e fornece energia elétrica em mais de 160 países em todo o mundo. No Brasil essa fonte de energia é responsável por representar cerca de 70% da geração de energia do país, as usinas são divididas em Centrais Hidrelétricas e PCHs Pequenas Centrais Hidrelétricas. A maior usina hidrelétrica do Brasil é Itaipu com potência de 14.000MW.
  • Energia Eólica: Gerada através da conversão de corrente de vento utilizando as turbinas eólicas. Considerada uma fonte de energia limpa, renovável e sustentável. No Brasil a primeira turbina foi instalada em Fernando de Noronha em 1992. Após 10 anos o governo criou o Programa de Incentivo às Fontes Alternativas de Energia Elétrica (Proinfa). Hoje essa fonte de energia renovável está em crescimento no Brasil.
Tudo o que você precisa saber sobre as Fontes de Energia Renováveis

Usinas de Energia Renovável

As usinas de energia vem ganhando amplo espaço no território nacional com a tecnologia de energia solar. As usinas vêm explorando a alta capacidade de captação de luz solar para produzir energia luminosa, podendo ser aproveitada também para captação de energia elétrica.

A fonte de energia renovável mais utilizada no Brasil representando 61% da geração de energia do país é a energia hidráulica. Essas são divididas em Centrais Hidrelétricas e Pequenas Centrais Hidrelétricas. A Usina de Itaipu é a maior usina hidrelétrica do território brasileiro, possuindo potência de 14.000 MW.

A Energia Eólica vem ganhando relevância na matriz energética brasileira já que está sendo cada vez mais difundida no país.

Estima-se que até 2030 as fontes de energia alternativas substituirão combustíveis fósseis. Portanto, energias renováveis como a luz do sol, vento, água e matéria orgânica formarão quase 50% da matriz energética do Brasil. A utilização de energia limpa e renovável no Brasil é a maior quando comparada ao restante do mundo. Quando citamos energia limpa é importante destacar que essa energia é gerada por meio de recursos naturais inesgotáveis.

A energia renovável no Brasil é positiva já que possuímos as principais fontes de energia, as hidrelétricas, que fazem parte de mais da metade da geração de energia no país. Estima-se que até o ano de 2050 a quantidade de energia gerada por painéis solares alcance 78 e 128 GW.

É importante e interessante também destacar que o Brasil é um país com o maior índice de incidência solar do mundo, o que torna favorável a captação de luz do sol pelos painéis solares mais simples e eficientes.

A instalação desses sistemas surge como oportunidade para milhares de brasileiros produzirem sua própria energia, melhorando a condição de vida daqueles que não possuem energia elétrica por morarem em regiões mais remotas. Com incentivos governamentais será possível estabelecer um valor competitivo para a energia solar no mercado estimando-se que em 5 anos essa fonte de energia seja mais barata e mais utilizada no país.

A previsão é de que até em 2035 as fontes de energia renováveis sejam a principal escolha indicada para qualquer projeto em indústrias, comércios, construções, transportes e etc.

Por que a energia solar e eólica não são exploradas?

Por que a energia solar e eólica não são exploradas? – créditos: Bluesol

Devido a escassez de incentivos governamentais e também a falta de acesso à informação e a energia elétrica, a energia solar e eólica não são exploradas em larga escala. Muitos brasileiros não geram sua própria energia e não enxergam a prática como um investimento.

Desde 2013 há uma Norma Resolutiva 482/2012 em vigor estabelecida pela ANEEL com condições para o acesso a microgeração e minigeração distribuída aos sistemas de distribuição de energia elétrica ao sistema de compensação de energia elétrica e outras providências. A energia eólica possui grande potencial no Brasil, principalmente na região Nordeste e outras regiões litorâneas do país.

A energia solar possui papel importante na redução de poluentes no país e auxilia também na economia da energia elétrica sendo utilizada para o aquecimento de água em residências e comércios. Há um Programa de Desenvolvimento Energético de Estados e Municípios (PRODEEM) que busca atender comunidades sem acesso às redes elétricas convencionais com forte contribuição para fonte de energia alternativa.

Energia solar em Energia elétrica

Energia solar em Energia elétrica – créditos: Renewable News

As células fotovoltaicas são constituídas por duas camadas de semicondutores. Uma camada contém carga positiva e outra negativa. Quando fótons suficientes são absorvidos pela camada negativa da célula os elétrons são liberados do material semicondutor negativo. Esses elétrons são liberados de forma natural e migram para o polo positivo criando uma tensão semelhante a uma bateria. Quando as duas camadas estão conectadas a uma carga externa os elétrons fluem através do circuito criando eletricidade.

Apesar de não ser explorada em larga escala no Brasil, a energia solar tem um papel fundamental na manutenção de recursos naturais, enquanto a energia não renovável utiliza meios esgotáveis para a sua produção. É possível observar aspectos de cada uma e avaliar riscos ambientais tais como petróleo, carvão, gás natural e energia nuclear:

  • Custo de produção elevado
  • Emissão de gases poluentes
  • Destinação de lixo atômico em usinas
  • Perigo ambiental e social

A energia renovável pode ser encontrada das seguintes formas:

Fontes de Energia Renovável – Geobrasil
  • Energia Solar Fotovoltaica
  • Energia Térmica

Ambas contribuem para a redução da poluição no país e minimizam os custos da energia elétrica sendo fonte de energia limpa e sustentável. A utilização de um sistema fotovoltaico de 3kWp, sistema padrão para residências de médio porte, em 20 anos de funcionamento vai produzir energia renovável suficiente para evitar que 99.000 kg de CO2 sejam emitidos na atmosfera, o que é equivalente a plantar 320 árvores ou tirar 100 carros da estrada.

A energia solar não é somente uma forma de gerar energia renovável mas também uma forma de economizar dinheiro já que possuir um sistema de energia solar fotovoltaica poderá reduzir sua conta de luz em até 95%. Levando em consideração a vida útil de um sistema de energia solar fotovoltaica que é maior que 25 anos, a energia solar pode ficar 50% mais barata que a energia convencional. A energia solar oferece a valorização do seu imóvel ou marca da sua empresa pois mostra o comprometimento com o meio ambiente.

O investimento necessário inicial pode parecer alto quando analisado, porém, compensa a longo prazo. Para uma residência a energia solar custa em média R$20 mil reais e para uma empresa de médio porte a energia solar custa em média R$100 mil reais. Para uma indústria a energia solar poderá custar mais de R$ 1 milhão de reais.

As projeções para as fontes renováveis de energia em escala mundial são de que esse tipo de energia irá corresponder a 85% do desenvolvimento de consumo de energia até o ano de 2040. Enquanto fontes como carvão e petróleo sofreram queda no consumo. Para o Brasil estima-se que a substituição da energia elétrica pela energia fotovoltaica economiza 41 TWh além de haver substituição de chuveiros elétricos por aquecedores solares para aquecimento da água aumentando o consumo de energia solar para 4% em 2027.

Projetos de incentivo a energia renovável no Brasil

  • R/N 482/12 DA ANEEL: Projeto mais importante de todos, pois o mesmo possibilita que você gere a sua própria energia limpa e sustentável e auxilia também uma troca de energia com a rede da distribuidora. O único problema é que o governo cobra ICMS sob a energia que você gerou. Mas essa medida em breve será derrubada pelo CONFAZ
  • IPTU Verde: Projeto de lei que poderá isentar parcialmente o IPTU para aqueles que fizerem a instalação de energia solar em suas propriedades.
  • Isenção de IPI e ICMS do Painel Solar: Os painéis solares possuem isenção de IPI e ICMS
  • Isenção de ICMS para inversor solar no Estado de São Paulo

Projetos mundiais de incentivo a energia renovável

  • NET Metering com incentivo financeiro: Utilizado nos EUA, Europa e Austrália, este te remunera pela energia solar que você gera e não consome, vendendo assim o excesso de energia para a rede elétrica.
  • GROSS Metering com incentivo financeiro: Utilizado na Austrália e em alguns estados e já foi utilizado também na Europa. Essa modalidade de energia produzida é 100% vendida para as distribuidoras.
  • Isenção parcial de impostos: Essa modalidade é praticada em diversos países e oferece descontos em impostos sobre o território e impostos de renda para casas e empresas que utilizam a energia solar
  • Isenção de impostos sobre equipamentos: Isenta painéis solares, inversores e outros equipamentos que compõe o kit de energia solar de impostos.

Gostou do nosso artigo? Que tal deixar para nós um feedback com sua opinião nos comentários? Sua opinião é muito importante para nós! Até mais!

Valdemar Medeiros
Formado em Segurança do trabalho, especialista em marketing de conteúdo em conjunto de ações de SEO e Universitário de Publicidade e Propaganda.