Início Vídeo: 9 passos para instalar Energia Solar sozinho, aprenda agora

Vídeo: 9 passos para instalar Energia Solar sozinho, aprenda agora

agosto 24, 2022 às 4:08 pm
Compartilhe
Siga-nos no Google News
instalar Energia Solar sozinho
Instalar Energia Solar sozinho (Reprodução: divulgação)

Hoje, o mercado de energia solar tem crescido exponencialmente, já mostrando sinais de que chegou para ficar. Por isso, diversas medidas têm sido aprovadas para popularizar os sistemas fotovoltaicos, devido ao grande número de benefícios que eles oferecem. Sendo assim, trouxemos para você 10 passos para instalar energia solar sozinho, e conseguir aproveitar uma conta de energia mais barata devido à luz solar.

Inclusive, embora hoje seja mais popular, o mercado de energia solar só ganhou força no Brasil apenas em 2012. Apesar de já ter sido utilizada anteriormente, a regulamentação só ocorreu a partir da Resolução Normativa 482 de 2012. Dessa forma, ela criou regras da geração distribuída e é considerada o marco legal da energia solar no Brasil

Dessa forma, a partir dessa resolução, a geração de energia solar passou a ser mais acessível aos brasileiros, que desde então puderam conectar o sistema à  rede de distribuição para poder gerar créditos solares a partir do excedente de energia. Posteriormente, esses créditos são compensados e podem reduzir o valor da conta de luz em até 95%.

Confira algumas dicas para instalar energia solar sozinho: com o crescimento do setor solar, usar a energia do sol para o seu próprio benefício ficou mais fácil para os brasileiros. Confira o vídeo no final.

Hoje, é possível instalar um sistema fotovoltaico de forma simples e eficiente. Por isso, se você deseja economizar com essa nova metodologia, confira algumas dicas para instalar energia solar sozinho.

1 – Faça um orçamento geral

Para instalar energia solar sozinho, o primeiro passo é começar com um orçamento geral. Dessa forma, pesquise em diversas lojas, compreenda bem a posição do seu telhado, coloque no papel quando irá gastar com mão de obra e possíveis tarifas, além de outras coisas. Essa parte garante que o projeto seja eficiente, e você não terá dor de cabeça com possíveis empecilhos.

2 – Faça um orçamento do material

Nesta parte, ao entender melhor como será todo projeto, está na hroa de ir em diversas lojas e conferir o material, como painéis fotovoltaicos, inversores e fios. Além disso, é aqui que você inclui a verba necessária para o engenheiro eletricista que fará a instalação. Lembre-se: o barato pode sair caro, portanto, não compre materiais de baixa qualidade por serem baratos, porque isso pode ocasionar um grande transtorno no projeto.

3 – Garanta o orçamento

Talvez a parte mais difícil de instalar energia solar sozinho, é garantir o orçamento para o projeto. Após verificar o preço do material, custo com engenheiros e todo o projeto, certifique-se que possui a quantia necessária para que o projeto não seja feito “pela metade”.

4 – Compre o material

Após garantir que a quantia que você possui é necessária para concluir a obra, comece a compra do material. Neste parte, compre tudo o que for necessário para que não seja preciso comprar novos materiais durante a obra, o que pode comprometer o seu orçamento.

5 – Faça o pedido na companhia de luz

Quando o material estiver pronto, é necessário que o engenheiro eletricista entre em contato com a companhia de luz da sua região para que o projeto seja aprovado. Após a aprovação, é só começar com a instalação.

6 – Comece a instalação

Após todos os trâmites legais, é necessário começar a instalação. Nesta parte, você pode realizar a instalação sozinho, caso tenha algum conhecimento técnico na área, mas, é ideal que você tenha orientação de um profissional elétrico neste momento.

7 – Peça a vistoria

Quando a obra estiver concluída, é necessário que você entre em contato com a companhia de luz para que ela verifique a qualidade da obra. Em geral, as companhias, devido a regulamentação da ANEEL, não costumam reprovar os projetos, caso eles tenham sido feitos dentro das normas do setor solar.

8 – Peça o medidor digital

Durante o processo de vistoria, também é necessário que você peça um medidor digital, ou medidor bidirecional, para medir a quantidade da energia produzida. Após a instalação, feita pela companhia de energia, os seus painéis serão gerados a todo vapor!

9 – Contemple o seu projeto pronto

Por fim, podemos dizer que instalar energia solar sozinho pode não ser a coisa mais simples do mundo, mas valerá muito a pena ter feito tudo quando o projeto estiver pronto! Nesta parte, basta apenas curtir o seu sistema fotovoltaico e aproveitar os descontos altos que virão na sua conta de luz.

Canal: Roberto Bruske

Relacionados
Mais recentes