Início IFCE se une à Sudene para criação de curso profissionalizante voltado para energias renováveis

IFCE se une à Sudene para criação de curso profissionalizante voltado para energias renováveis

janeiro 15, 2022 às 12:15 pm
Compartilhe
Siga-nos no Google News
A Sudene fechou uma parceria com o IFCE para a criação de um curso profissionalizante na área das energias renováveis, com foco na energia solar, visando capacitar os profissionais da região
A Sudene fechou uma parceria com o IFCE para a criação de um curso profissionalizante na área das energias renováveis, com foco na energia solar, visando capacitar os profissionais da região. Fonte: Freepik

A Sudene fechou uma parceria com o IFCE para a criação de um curso profissionalizante na área das energias renováveis, com foco na energia solar, visando capacitar os profissionais da região

Durante esta última quinta-feira, (13/01), os representantes da Sudene, a Superintendência do Desenvolvimento do Nordeste, divulgaram o início de sua parceria com o IFCE, o instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará, para a criação de um curso profissionalizante voltado para o setor das energias renováveis, com foco na formação em energia solar.

Leia outras notícias relacionadas:

Curso profissionalizante de energia solar será disponibilizado pela Sudene e o IFCE no Ceará

A Sudene, ou Superintendência do Desenvolvimento do Nordeste, se uniu ao IFCE, o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará, para o desenvolvimento de um curso profissionalizante com 70 vagas que irá capacitar profissionais do estado para o setor de energias renováveis. Assim, o curso irá focar principalmente na produção de energia solar, uma vez que o estado conta com um grande potencial para o desenvolvimento desse recurso a partir dos complexos fotovoltaicos.

O superintendente da Sudene, general Araújo Lima comentou acerca da necessidade do curso e destacou que “precisamos estimular localmente a capacitação de pessoas que entendam, operem e desenvolvam esse tipo de atividade. Isso representa para nós uma redução dos desníveis sociais, uma vez que podemos gerar empregos cuja força de trabalho é o próprio morador da região”. Além disso, a Superintendência ressaltou, em nota, que “além de estimular o empreendedorismo associado às vocações econômicas locais, a oferta da qualificação pretende desenvolver a autonomia cidadã e a vivência para o mercado de trabalho”.

O potencial de geração de energia solar no Ceará é um dos maiores do Brasil inteiro e, de acordo com o Atlas Eólico e Solar do Estado, o potencial energético eólico e solar do Cariri e de toda região Sul do Estado tem a capacidade de gerar 28,8 mil megawatts (MW) de energia elétrica com fontes renováveis na área, o que mostra a relevância do setor para o estado do Ceará.

Saiba como irá funcionar o curso profissionalizante no setor de energias renováveis ministrado pelo IFCE em parceria com a Sudene

O curso desenvolvido pela Sudene em parceria com o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará, está com a previsão de 70 vagas no total, divididas em duas turmas de 35 alunos durante o ano de 2022. O objetivo principal do curso de energias renováveis será capacitar pessoas em vulnerabilidade social da região do Cariri, no sul do Ceará, para atuação como instaladores de sistemas fotovoltaicos e placas solares, contribuindo para o desenvolvimento socioeconômico da região e a profissionalização desses trabalhadores no setor energético. 

A Sudene informou que todos os recursos necessários para a criação do curso foram repassados para o IFCE no último dia 30 de dezembro e que a disponibilidade de vagas, horários e outras informações serão disponibilizadas pelo próprio instituto posteriormente. A instituição de ensino também irá definir em qual unidade irá ofertar a formação bem como critérios específicos de seleção dos futuros alunos.

No entanto, já foi divulgado que a carga horária total do curso é de 160 horas e que ele será dividido em dois módulos, o iniciante, que inclui Disciplinas de eletricidade básica, Fundamentos de energia solar fotovoltaica e Módulos de instalações elétricas e o avançado, que inclui Tecnologia fotovoltaica, Sistemas fotovoltaico e Montagem de sistemas. Ao final do curso, os estudantes receberão um certificado e ainda participarão de um workshop para a área, tornando ainda maior a capacitação deles no setor energético.

Relacionados
Mais recentes