Saturday, 04 de December de 2021

Brasil consegue bater meta histórica em produção de energia solar

Brasil ultrapassa a marca de 12 GW de produção de energia solar, graças aos investimentos feitos no setor de energia renovável, segundo a Absolar

A Absolar anunciou que o Brasil ultrapassou a marca de 12 GW de produção de energia solar, índice que é fruto dos investimentos feitos nesse setor do país

Durante esta última sexta-feira, (12/11), a Associação Brasileira de Energia Solar (Absolar) anunciou que o Brasil chegou à marca de 12 GW em geração de energia solar, incluindo usinas de grande e médio porte e gerações menores. O resultado é fruto de fortes investimentos realizados nesse setor nos últimos anos, em razão da alta capacidade de produção que o país possui.

Veja também:

Marca histórica de 12 GW simboliza o avanço do Brasil na geração de energia solar 

O Brasil é um país bastante favorecido em relação à produção de energia solar, em razão da sua posição geográfica que garante um alto potencial para essa geração. Assim, os investimentos neste setor vêm crescendo nos últimos anos com muita intensidade e o resultado disso é visto nos índices de geração. Assim, segundo a Absolar, o país conseguiu chegar à meta de 12 GW ainda neste ano de 2021.

O presidente da Absolar, Rodrigo Sauaia, comentou acerca da marca ultrapassada na produção de energia solar e sobre a importância dos investimentos neste setor do país. O executivo ainda destacou que “as usinas solares de grande porte geram eletricidade a preços até dez vezes menores do que as termelétricas fósseis emergenciais ou a energia elétrica importada de países vizinhos atualmente, duas das principais responsáveis pelo aumento tarifário sobre os consumidores”.

Além da capacidade de diversificar a matriz energética do país, a produção de energia solar contribui para a minimização dos impactos ambientais em relação à emissão de gases poluentes, como o gás carbônico. Desde o ano de 2012, a geração solar evitou a emissão de 13,6 milhões de toneladas de CO2 na geração de eletricidade e representa apenas 2% da matriz energética do país. Assim, com os investimentos necessários, essa redução na emissão de gases poluentes pode ser ainda mais intensificada e beneficiar o meio ambiente. 

Produção de energia solar é uma alternativa viável para a utilização de uma fonte limpa e pode crescer ainda mais no país 

A capacidade do Brasil em produção de energia renovável, em especial a energia solar, é bastante reconhecida através do mundo inteiro e, atualmente, o país conta com empreendimentos em operação em nove estados brasileiros, nas regiões Nordeste (Bahia, Ceará, Paraíba, Pernambuco, Piauí e Rio Grande do Norte), Sudeste (Minas Gerais e São Paulo) e Centro-Oeste (Tocantins) e, somente com esses projetos, o Brasil conseguiu alcançar a meta histórica de 12 GW de produção.

Rodrigo Sauaia, presidente da Absolar, também destacou alguns benefícios da energia solar para o mercado brasileiro e como ela pode contribuir para a diminuição nos custos de energia a longo prazo, afirmando que “basta um dia de instalação para transformar uma residência ou empresa em uma pequena usina geradora de eletricidade limpa, renovável e acessível. Já para uma usina solar de grande porte, são menos de 18 meses desde o leilão até o início da geração de energia elétrica”.

Desde o ano de 2012, o Brasil já contou com mais de R$ 24 bilhões em investimentos no setor da energia solar e, com os novos projetos e metas sendo alcançadas pela área no país, a expectativa é de que a produção dessa matriz energética possa crescer ainda mais nos próximos anos, beneficiando tanto os brasileiros quanto o meio ambiente, com a redução dos impactos ambientais.

Ruth Rodrigues
Formada em Ciências Biológicas pela Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN), atua como redatora e divulgadora científica.