Início Assaí Atacadista adquire 200 mil certificados I-REC e faz novos investimentos para a redução nas emissões de carbono por meio da utilização de energias renováveis em suas operações

Assaí Atacadista adquire 200 mil certificados I-REC e faz novos investimentos para a redução nas emissões de carbono por meio da utilização de energias renováveis em suas operações

abril 20, 2022 às 7:27 am
Compartilhe
Siga-nos no Google News
O plano de redução de emissões de carbono da companhia Assaí Atacadista continua a todo vapor e a empresa anunciou a compra de mais 200 mil certificados I-REC para o abastecimento de suas operações com energias renováveis durante o ano de 2022
O plano de redução de emissões de carbono da companhia Assaí Atacadista continua a todo vapor e a empresa anunciou a compra de mais 200 mil certificados I-REC para o abastecimento de suas operações com energias renováveis durante o ano de 2022. Fonte: Divulgação

O plano de redução de emissões de carbono da companhia Assaí Atacadista continua a todo vapor e a empresa anunciou a compra de mais 200 mil certificados I-REC para o abastecimento de suas operações com energias renováveis durante o ano de 2022

A empresa Assaí Atacadista está cada vez mais engajada no movimento da transição energética e as práticas ESG no Brasil. E, nessa última quinta-feira, (14/04), anunciou a compra de mais 200 mil certificados I-REC, que irão abastecer as suas operações com energias renováveis ao longo de todo o ano de 2022 e, consequentemente, ajudarão na redução das emissões de carbono da empresa.

Outras notícias:

Compra de 200 certificados I-REC é parte do plano de redução das emissões de carbono da Assaí Atacadista, que pretende realizar ainda mais investimentos para o projeto em 2022

Seguindo os planos da International REC Standard (I-REC), sistema global de certificação e rastreamento de atributos ambientais de energia renovável, a companhia brasileira Assaí Atacadista anunciou a aquisição de novos 200 mil certificados I-REC neste ano. Esses documentos são utilizados pela empresa para serem convertidos no abastecimento de energias renováveis nas suas lojas e escritórios por todo o Brasil, garantindo assim mais compromisso ambiental dentro da cadeia produtiva da companhia. 

Os certificados foram vendidos pela companhia GreenYellow, que é especializada na geração distribuída de energia solar fotovoltaica em diversos países, incluindo o Brasil. A companhia Assaí já havia adotado esse sistema no ano de 2021 e obteve a utilização de energias renováveis durante todo o ano na sede administrativa e em 194 lojas do Assaí que integram o Mercado Livre de Energia e estão presentes nas cinco regiões do país, reduzindo assim as emissões de carbono na cadeia produtiva. 

A companhia ainda afirmou que finalizou o ano de 2021 com 92% de consumo oriundo do Mercado livre de Energia e a utilização dos I-REC foi essencial para que esses resultados fossem alcançados de forma muito rápida. Assim, a Assaí Atacadista pretende continuar com a utilização dos certificados I-REC ao longo do ano de 2022 para expandir ainda mais o abastecimento das lojas com energias renováveis e, dessa forma, conseguir reduzir ainda mais as emissões de carbono no Brasil, um grande objetivo da empresa para o ano de 2022. 

Empresa Assaí Atacadista afirma que irá reduzir as emissões de carbono na cadeia produtiva nacional em 38% até o fim do ano de 2030, com a utilização de energias renováveis para isso 

Após anunciar a compra dos mais de 200 mil certificados I-REC para o abastecimento de suas lojas e escritórios no Brasil com energias renováveis, a Assaí também destacou que seu plano de descarbonização prevê a redução das emissões de carbono em 38% até o ano de 2030, com base no total emitido por suas operações no ano de 2015, considerando escopos 1 e 2 dentro da cadeia de produção e transporte dos alimentos. 

Assim, Lucas Attademo, gerente de Contas Públicas e Galerias do Assaí Atacadista, comentou sobre o compromisso ambiental da empresa em relação à utilização de energias renováveis para a redução das emissões de carbono ao longo dos próximos quase dez anos. O executivo ainda afirmou que “No Assaí, estamos comprometidos com a agenda climática e trabalhamos com um plano de modernização de tecnologias e utilização de fontes mais limpas de energia em nossas operações”.

A empresa já conta com a utilização de 7 usinas solares em operação com a GreenYellow em suas lojas nos estados de PA, RJ, GO, PR e MT e, agora, pretende tornar essa uma realidade ainda mais presente dentro das suas operações por todas as regiões do território nacional até o final do ano de 2030.

Relacionados
Mais recentes