Thursday, 29 de July de 2021

O primeiro parque eólico flutuante da Europa continental está agora totalmente operacional

Parque eólico - energia eólica - parque flutuante

A última plataforma do WindFloat Atlantic foi conectada à rede e o parque eólico foi totalmente comissionado na Europa

As três unidades estão agora fornecendo à rede elétrica portuguesa a energia gerada por suas turbinas eólicas de 8,4 MW, as maiores turbinas do mundo já instaladas em uma plataforma flutuante da Europa. O comissionamento deste parque eólico flutuante é uma conquista marcante para o setor, pois a tecnologia eólica flutuante contribui para a diversificação de fontes de energia, fornece acesso a áreas marinhas inexploradas e representa um grande salto tecnológico em direção a uma economia livre de carbono.

Leia também:

Primeiro parque eólico flutuante semi-submersível do mundo

Com uma capacidade instalada total de 25 MW, o WindFloat Atlantic é o primeiro parque eólico flutuante semi-submersível do mundo.

O WindFloat Atlantic está agora totalmente operacional e fornecendo energia limpa à rede elétrica de Portugal. Após a conexão da última das três plataformas ao cabo de exportação de 20 m que liga o parque eólico à subestação em Viana do Castelo, Portugal, a construção do parque eólico está concluída. 

O WindFloat Atlantic, com capacidade instalada total de 25 MW, é o primeiro parque eólico flutuante semi-submersível do mundo e gerará energia suficiente para fornecer o equivalente a 60.000 usuários por ano, economizando quase 1,1 milhão de toneladas de CO 2.

Os melhores recursos da energia eólica

Esse marco cimenta o sucesso de um projeto de uma década da joint venture Windplus, garantindo o acesso aos melhores recursos eólicos em lâmina d’água que antes eram inacessíveis. 

A Windplus instalou e conectou com sucesso três plataformas – medindo 30 metros de altura e 50 metros de distância entre colunas – capazes de acomodar turbinas de 8,4 MW, a maior do mundo já instalada em uma plataforma flutuante.

O sucesso deste projeto está enraizado em sua tecnologia. Sua tecnologia de ancoragem, por exemplo, permite a instalação em águas com mais de 100 m de profundidade, e seu design oferece estabilidade em condições climáticas e marítimas adversas. Outra vantagem importante foi a tecnologia de montagem usada: a montagem em doca seca proporcionou economias logísticas e financeiras significativas e as plataformas foram rebocadas usando rebocadores padrão. 

Valdemar Medeiros
Formado em Segurança do trabalho, especialista em marketing de conteúdo em conjunto de ações de SEO e Universitário de Publicidade e Propaganda.