Thursday, 29 de July de 2021

Entenda mais sobre a Folha de Dados do Painel Solar

Entenda mais sobre a Folha de Dados do Painel Solar

Possuir um Painel Solar instalado em seu imóvel é de grande importância não somente para o meio ambiente, mas também para trazer diversos benefícios para você que está fazendo a aquisição desse sistema sustentável de energia, porém, é preciso antes que você saiba o que você está adquirindo.

Pensando em você e desejando que você tenha o melhor sistema instalado em seu imóvel reunimos informações neste artigo que irá funcionar como um guia para você analisar melhor e rapidamente a folha de dados do seu painel solar. Continue conosco até o fim deste artigo e confira!

Temperatura e potência do Painel Solar

Painel Solar – Condições Padrão de Teste (STC)

A classificação de potência máxima em Watts (Pmax) que os painéis solares são classificados é o que se refere quando falamos sobre o tamanho do painel solar ou a potência do painel solar.

Se o instalador ou vendedor disser que o painel solar de 250W ou 300W eles estão se referindo a classificação de potência máxima do painel fotovoltaico. Essa classificação se baseia na produção de energia medida em condições de laboratório “Condições Padrão de Teste (STC – Standard Testing Conditions) que não representam as condições reais aqui no Brasil.

As condições estabelecidas em laboratório mantêm a uniformidade nos padrões de medição dos painéis solares.

Em laboratório a placa solar é submetida a uma luz medida a 1000W por m². Comparando com a vida real s 1000w/M² possuem a equivalência de um Sol forte.

No Brasil temos uma forte incidência solar e essa irradiância de 1000W é extremamente comum e em alguns lugares essa incidência solar pode ser ainda maior. Portanto, a potência nominal do painel solar nas Condições Padrão de Teste se baseia em um painel com temperatura de 25ºC. A temperatura em que o próprio painel irá ficar quando for instalado em seu telhado, essa temperatura é de fundamental importância para o funcionamento do painel solar, pois, todos os painéis perdem eficiência quando são aquecidos sob o sol escaldante.

Portanto, para produzir a potência máxima nominal (Pmax), o painel não pode ficar mais quente que 25ºC. Colocando em prática, um painel solar instalado no telhado do imóvel ficará em média 20ºC mais quente que a temperatura ambiente do dia. Ou seja, se a temperatura ambiente estiver medida em 25ºC o painel solar estará com temperatura aproximadamente de 45ºC.

Dificilmente é possível obter a potência nominal (Pmax) de seus painéis solares em um dia quente no Brasil. Isso não é um problema, porém é apenas a característica do material do qual os painéis solares são produzidos.

📑 O que MUDA na FATURA de ENERGIA, depois de INSTALAR a ENERGIA SOLAR?

Temperatura Nominal de Operação da Célula

Você pode fazer um cálculo rápido de quanta energia você irá produzir analisando a ficha de especificações do painel solar. Todos os fornecedores de qualidade irão fornecer essa ficha de dados do painel solar como parte do seu orçamento.

Exemplo de Ficha Técnica de um painel solar

Primeiramente é preciso que você procure na Folha de Dados a parte onde contém as características de temperatura. Procure nesta folha pelo termo “Temperatura Nominal de Operação da Célula ou “NOCT – (Nominal Operating Cell Temperature) e também busque o “Coeficiente de Temperatura de Pmax” (Temperature Coefficient of Pmax).

O NOCT é a temperatura que o painel solar chegou em experiências laboratoriais, quando submetido a 800W/M² de irradiância (o que corresponde a um dia de sol moderado) a uma temperatura ambiente de 20ªC e vento de 1 m/s. Nessas condições o painel chegará a 46º

Quando submetidos a forte incidência solar, os painéis podem perder um pouco de sua eficiência na produção de energia. O coeficiente de temperatura de Pmax nos diz o quanto é perdida de energia para cada ºC quando o painel ultrapassar a temperatura de 25ºC. Painéis da Yingli irão perder cerca de 0,42% da potência máxima para cada grau acima de 25ºC. Confira como é fácil calcular a % da perda de eficiência do painel. A NOCT diz que o painel solar irá atingir 46º a partir disso temos:

46°C – 25°C = 21°C => 21 x 0,42% = 8,82%

Ou seja, após feito os cálculos na Folha de Dados podemos perceber então que a potência máxima real do Painel Solar em questão ficará em média de 8,82% abaixo da informada na folha técnica. Portanto, esse painel com potência informada de 260W em condições de baixo padrão de teste, irá produzir 237 W de potência, ou seja, número aproximado de 8,82% menos que os 260W informados na ficha.

Em casos como nos EUA a potência que utilizamos no exemplo anterior é informada já na ficha técnica. Se o painel é aprovado para o uso na Califórnia, a empresa mede a potência em um laboratório independente de modo que você não precise confiar apenas nos dados do fabricante. Ao começarem a fazer isso no ano de 2009 fora descoberto que os números reais dos painéis solares medidos nos laboratórios da Califórnia eram piores que as informações técnicas especificadas pelos fabricantes em uma média de 6%.

Confira o modelo de seu painel e seu desempenho em comparação com a informada na ficha técnica e veja também a lista de painéis testados na Califórnia.

Folha de Dados: Potência, Tolerância e Eficiência

Entenda mais sobre a Folha de Dados do Painel Solar

A folha de dados dos painéis solares pode parecer um pouco impactante já que possui diversos gráficos e diversas informações técnicas.

Portanto, apenas 4 desses números precisam ser compreendidos por você consumidor final. Os outros números são para profissionais da área que irão projetar seu sistema e precisam saber os tipos de cabo e qual é a melhor configuração do seu inversor solar.

Os 4 números que você deve buscar no painel solar são os seguintes:

Energia solar — Foto: Divulgação ENVO

Potência Máxima do Painel Solar (Pmax – STC)

Esse número se refere ao tamanho do painel solar, por exemplo, um painel solar que possui 250W de potência máxima de 250W.

Tolerância de Potência (Power Output Tolerances)

Esse número corresponde ao intervalo em que o fabricante do painel solar fotovoltaico diz que o módulo pode se desviar de sua potência máxima, por exemplo, se você tivesse + 10% / -10% de tolerância de potência em um painel fotovoltaico de 250W, isso quer dizer em prática que esse painel poderá fazer entre 225W e 275W.

Eficiência do Painel Solar (Module Efficiency)

As fichas de dados do painel solar irão informar também a eficiência da célula fotovoltaica, portanto não confunda a eficiência da célula com a eficiência do painel!

A eficiência da célula irá se referir a eficiência da célula sozinha, ou seja, nos referimos a uma célula sozinha em um laboratório sem o resto do painel solar.

A eficiência do painel solar como um todo sempre será um pouco inferior à eficiência da célula fotovoltaica devido a diversos fatores. Para painéis que utilizam tecnologia com base em silício cristalino, uma eficiência boa é acima de 15%. Entre 15 e 14% é uma eficiência média e abaixo dos 14% é uma eficiência baixa. Para tecnologias de filme fino assim como o CIGS, eficiências acima de 12% são consideradas boas.

Potência Máxima em NOCT

Esse número é a potência máxima da placa fotovoltaica quando testada em condições severas e realistas do que a potência máxima nominal, assim como já falamos anteriormente. Essa potência é aferida com menos Sol e temperaturas mais elevadas do painel. Esta será tipicamente entre 70-75% da potência informada como potência nominal (Pmax).

Um painel com melhor desempenho em condições NOCT irá gerar mais energia já que somos privilegiados por morar em um país que possui muita incidência solar! Porém, isso dependerá também das especificações informadas pelos fabricantes.

Gostou do nosso artigo? Que tal deixar para nós um feedback com sua opinião nos comentários? Sua opinião é muito importante para nós! Até mais!

Valdemar Medeiros
Formado em Segurança do trabalho, especialista em marketing de conteúdo em conjunto de ações de SEO e Universitário de Publicidade e Propaganda.