Início Embaré faz parceria com a startup Polen para reciclagem de embalagens

Embaré faz parceria com a startup Polen para reciclagem de embalagens

fevereiro 18, 2022 às 11:40 am
Compartilhe
Siga-nos no Google News
A companhia de laticínios Embaré fechou parceria com a startup Polen para a reciclagem dos resíduos gerados pelas embalagens, visando a redução nas emissões de gás carbônico e uma maior sustentabilidade
A companhia de laticínios Embaré fechou parceria com a startup Polen para a reciclagem dos resíduos gerados pelas embalagens, visando a redução nas emissões de gás carbônico e uma maior sustentabilidade. Fonte: Divulgação

A companhia de laticínios Embaré fechou parceria com a startup Polen para a reciclagem dos resíduos gerados pelas embalagens, visando a redução nas emissões de gás carbônico e uma maior sustentabilidade

A gigante no ramo de laticínios Embaré comentou, durante esta última segunda-feira, (14/02), sobre a parceria fechada com a startup Polen na luta por mais sustentabilidade nas suas operações. A iniciativa visa a reciclagem dos materiais das embalagens para a reutilização em outros projetos, incentivando assim a redução na emissão de gás carbônico, desejo que a empresa já vem construindo durante os últimos anos, além da utilização de energia renovável nas suas produções.

Leia também:

Companhia de laticínios Embaré irá realizar a reciclagem dos resíduos das embalagens em iniciativa com a startup Polen

A companhia Embaré já vem há alguns anos investindo na sustentabilidade nas suas operações, com foco na produção de energia renovável e na diminuição das emissões de gás carbônico na atmosfera. Agora, a empresa pretende realizar a reciclagem dos resíduos das suas embalagens e irá contar com a startup Polen para a realização da iniciativa, com o objetivo de trazer mais visibilidade para esse debate no mercado nacional, utilizando de créditos de logística reversa, ou de reciclagem, de empresas do ramo, como a Polen, por exemplo, para a realização dos projetos. 

O CEO da Polen, Renato Paquet, comentou sobre a iniciativa da empresa Embaré e destacou que “O Brasil recicla apenas 3% de todo o resíduo que produz, segundo Abrelpe, e nós aqui na Polen lutamos muito para que esse número aumente exponencialmente e consigamos ter um mundo melhor. Uma empresa com o reconhecimento que a Embaré tem, adotando nosso sistema e trabalhando em prol da sustentabilidade, mostra que estamos no caminho certo e vamos conseguir transformar o mindset do mercado e da sociedade com relação a esse tema”.

Além disso, a companhia já vem investindo na sustentabilidade durante os últimos anos, adotando a energia renovável e reduzindo a utilização de plástico nas operações. Assim, somente no segundo semestre de 2021, a Embaré já realizou a compensação de 1.365 toneladas, sendo 933 de papel e 432 de plástico, que são repassadas para diversas cooperativas, por meio dos créditos de logística reversa. O montante dessa compensação  representa 83,95% da meta de reciclagem da companhia estipulada para 2020, que corresponde à reciclagem de 22% do volume de embalagens colocadas no mercado.

Embaré continua com seus esforços para o segmento da sustentabilidade e segue reduzindo as emissões de gás carbônico

A empresa pretende, com a compensação de massa dos resíduos, evitar a emissão de 80,48 toneladas de gás carbônico (CO²) na atmosfera. Os mercados de atuação que contaram com a iniciativa foram: Minas Gerais (900,59 t), Pernambuco (375,951 t), Paraíba (21,715 t), Rio de Janeiro (17,57 t), Rio Grande do Norte (16,081 t), São Paulo (15,42 t), Espírito Santo (14,091 t), Rio Grande do Sul (1,33 t), Amazonas (1,16 t) e Mato Grosso (0,33 t).

Agora, a companhia dá mais um passo para o futuro com a parceria junto da startup Polen para a reciclagem dos resíduos, além de já ter implantado diversas soluções de sustentabilidade nas suas atividades, já que ela tem adotado de forma crescente a utilização da energia renovável, a modernização de suas fábricas, com máquinas e equipamentos cada vez mais eficientes e que consomem menos energia.

Com isso, o projeto para a redução nas emissões de gás carbônico, com foco em evitar 80,4 toneladas do gás na atmosfera, segue como o planejado e deverá trazer uma série de benefícios não só para o meio ambiente, mas também para as operações dentro da própria empresa.

Relacionados
Mais recentes