Início Technip Energies e X1 Wind são selecionados para o projeto Nextfloat, que pretende acelerar a energia eólica flutuante em escala industrial

Technip Energies e X1 Wind são selecionados para o projeto Nextfloat, que pretende acelerar a energia eólica flutuante em escala industrial

agosto 3, 2022 às 6:33 pm
Compartilhe
Siga-nos no Google News
energia eólica flutuante
Energia eólica flutuante (Reprodução: divulgação)

Na última semana, a Technip Energies, X1 Wind e um consórcio de mais 10 entidades internacionais foram selecionados pela Comissão Europeia para participar do projeto NextFloat, um programa ambicioso que busca acelerar a energia eólica flutuante em escala industrial.

Os grandes objetivos do Projeto NextFloat são demonstrar uma solução eólica offshore flutuante bastante competitiva, sustentável, integrada e otimizada para águas profundas, sendo suficiente para acelerar a implantação em escala industrial de energia eólica offshore flutuante.

Essa solução integrada é baseada na inovadora tecnologia eólica offshore flutuante da X1 Wind, que permite um design de flutuação mais leve e com menor quantidade de aço, assim como um sistema de ancoragem mais eficiente e compactando, capaz de minimizar o impacto no fundo do mar.

Além disso, o Projeto NextFloat também inclui um protótipo de 6 MW em escala real no local de teste, o Mistral no Mar Mediterrâneo Francês, que pode demonstrar o conceito em condições operacionais. Para isso, ele é possibilitado pela participação da fundação Open-C, que estrutura e opera os locais de teste para energias renováveis marinhas e energia eólica offshore na França.

O projeto do sistema integrado, assim como seus procedimentos de fabricação, montagem e instalação, serão testados em uma escala relevante para os próximos parques eólicos offshore comerciais, que necessitam de soluções industrializadas para aplicações de 15 MW ou mais.

Neste sentido, Laure Mandrou, vice-presidente sênior de soluções de energia sem carbono da Technip Energies, ressaltou que a empresa está satisfeita por ter sido selecionada para o Projeto NextFloat, assim como também fará parte do programa Horizon Europe. Sendo assim, ao garantir a sua colaboração no projeto X1 Wind, a empresa está preparando o futuro do mercado eólico offshore e flutuando, o que acelera o desenvolvimento de soluções eólicas offshore flutuantes em escala industrial, na França e em todo o mundo. 

Paralelamente, Alex Raventos, CEO e cofundador da X1 Wind, afirmou que a empresa está entusiasmada em oferecer uma solução exclusiva através do Projeto NextFloat. Essa aponta que o projeto é ambicioso, ao proporcionar melhorias substanciais na competitiva da energia eólica flutuante, capaz de preparar a implantação massiva a longo prazo nessa indústria, a fim de contribuir ativamente para acelerar a transição energética, que somado a segurança energética, é cada vez mais crítica e pertinente na Europa e em todo o globo.

Além das empresas citadas, o consórcio também conta com a participação da Naturgy, 2B-Energy, Tersan Shipyard, Hellenic Cables, Ocean Eco Structures, Ocas, Schwartz Hautmont, Ecole Centrale de Nantes, Hydro e a Universidade Técnica da Dinamarca. O acordo para subvenção está atualmente em negociações com a Comissão Europeia, e o projeto deve começar a operar no quarto trimestre de 2022.

Energia eólica em alto mar em expansão na Europa

Reprodução: Canal Euronews

Leia mais: Brasil mostra potencial para ser um grande desenvolvedor de energia eólica offshore na próxima década.

Conheça mais sobre a Technip Energies

A Technip FMC, anteriormente conhecida como Technip Energies, é uma fornecedora líder de tecnologia para o setor de energias tradicionais e novas, além de entregar projetos, produtos e serviços totalmente integrados.

Com tecnologias proprietárias e soluções abrangentes, a empresa ajuda na transformação da economia do projeto dos seus clientes, sempre colaborando com o desbloqueio de novas possibilidades de desenvolver recursos energéticos, o que reduzia a intensidade de carbono. Além disso, ela também apoia as ambições dos clientes sobre transição energética.

A empresa está organizada em dois segmentos de negócios (Tecnologias Submarinas e de Superfície). Atualmente, a empresa pretende continuar avançando no setor com ecossistemas integrados pioneiros, como o iFEED™ , que é líder em tecnologia e inovação digital.

Além disso, a empresa possui cerca de 20 mil funcionários, sempre impulsionada pelo compromisso e sucesso dos seus clientes na inovação internacional. Tudo isso está somado à premissa ESG (Ambiental, Social e Governança), que está remodelando o mercado para um futuro sustentável.

Relacionados
Mais recentes